O CyberGhost não é privilégio de ninguém!

A CyberGhost defende a privacidade como um direito básico do ser humano, tendo sido a primeira empresa do setor a publicar um relatório de transparência, ao mesmo tempo desenvolvendo novas tecnologias de criptografia orientada ao usuário para o futuro.

As solicitações foram agrupadas em 3 alunos categorias principais:

Pleitos sob a Lei de Direitos Autorais Digitais do Milênio DMCA (Digital Millenium Copyright Act) geralmente são recebidos de diversas firmas de advocacia que representam a Paramount, a Sony Pictures e outras empresas congêneres. Esses pleitos costumam indicar que material protegido por direitos autorais foi compartilhado ilegalmente utilizando um IP da CyberGhost, contendo dados sobre torrents, a data do compartilhamento, os IPs utilizados e o portal utilizado nas operações..

Atividade de Malware – Recebemos reclamações de diversas pessoas, usuários que estão recebendo spams ou detectando ataques de IPs do CyberGhost, proprietários de sites ou desenvolvedores de aplicativos reclamando de DDoS, Botnets, Golpes, tentativas de acesso, e-mails automatizados recebidos de sites, detecção de endereços IP que constam em listas negras ou IPs utilizados em campanhas de spam. O CyberGhost também recebe reclamações encaminhadas por diversos centros de dados com os quais colaboramos..

Solicitações da polícia são recebidas de diversas autoridades judiciárias e delegacias de polícia, requerendo registros de algum IP vinculado a um caso que estejam investigando. Tais solicitações geralmente são recebidas pelo centro de dados e encaminhadas para a CyberGhost..

Destaques mundiais

O relatório de transparência tem o objetivo de destacar a perspectiva de diversas solicitações cujo intuito seria o de revelar a identidade de usuários do CyberGhost. As solicitações recebidas por órgãos judiciários, delegacias de polícia e proprietários de sites, ou de pessoas e firmas de advocacia de todo o mundo, foram agrupadas em três categorias: Pleitos DMCA, solicitações da polícia e reclamações relativas a atividades de malware.

Total Number of Requests

Solicitações da DMCA

Em comparação ao ano anterior, o número de solicitações caiu em média 21% nos últimos 12 meses. A CyberGhost recebeu uma média de 1.318 solicitações por mês (embora o número de usuários tenha aumento em 60% de janeiro a dezembro de 2015). As medidas adotadas contra comportamentos que geram tais reclamações e solicitações estão detalhadas neste documento. O número de reclamações relativas à DMCA também está vinculado ao aumento na atividade de diversas empresas produtoras e distribuidoras e titulares de direitos autorais.

DMCA Requests

Solicitações da polícia

O aumento no número de usuários, de 3,5 milhões para 7,5 milhões não afetou o número de solicitações da polícia, pelo contrário. 71 solicitações de divulgação de dados de usuários foram apresentadas, com média mensal de 6 demandas entre janeiro de 2015 e dezembro de 2015. Embora a base de usuários tenha crescido 60%, o número de solicitações da polícia caiu 24%.

Police Requests

Atividades maliciosas

Em escala global, as atividades maliciosas relatadas na rede CyberGhost têm aumentado significativamente, em 310%, de um média de 99 ao mês em 2014 para 407 ao mês em 2015.

Nesse mesmo período, aumentos substanciais de atividades maliciosas também foram relatados por diversas empresas de segurança como Kaspersky Lab, Trend Micro, Cisco and Symantec.

Malicious Activities

Destaques nos Estados Unidos

Novas normas em relação à censura e vigilância em massa também são motivo para o aumento no número de usuários e atividades maliciosas. A CyberGhost tem observado uma redução no número de violações à DMCA, com 59% menos solicitações e 17% menos solicitações de intervenção policial. Conforme o desenvolvimento global da indústria dos malwares, as atividades maliciosas nos servidores dos EUA apresentaram crescimento substancial, de 243%.

A mídia internacional destacou mais do que nunca para seus usuários as implicações dessas normas, relatadas nas atividades da NSA e realçando a importância da privacidade.

Todas essas ações podem ser associadas ao aumento no número de usuários do CyberGhost mais conscientes nos EUA, conforme destacado no gráficos a seguir, que tiveram um crescimento de 60% entre junho e agosto de 2015.

US Servers Requests

Destaques na Alemanha

Os números dos servidores na Alemanha podem ser facilmente comparados aos números globais. As atividades maliciosas tiveram aumento de 115%, e as demandas sob as leis DMCA foram 27% menores, com redução de 4% no número de solicitações de intervenção policial.

Em maio de 2015, a WikiLeaks liberou transcrições dos últimos dez meses para um inquérito do parlamento alemão sobre as atividades da NSA na Alemanha1, o que provocou frustração e receio em massa. Após esse incidente, a Repórteres Sem Fronteiras da Alemanha (Reporters Without Borders - RSF) processou a agência de inteligência alemão Bundesnachrichtendienst (BND) na justiça. Fontes e denunciantes confidenciais são considerados essenciais para as investigações, pesquisas e reportagens jornalísticas.

A exposição na mídia internacional a partir de junho de 2015 também contribuiu para a maior conscientização das questões de confidencialidade e do direito à privacidade individual. Isto também pode ser associado ao aumento de 60% de usuários alemães em 2015.

German Servers Requests

Leia mais sobre a censura e seu impacto na utilização das VPN, a influência do poder econômico sobre a privacidade em diversas regiões do mundo, a criptografia como arma digital do século XXI e outras informações relevantes sobre privacidade.


Baixar o Relatório de Transparência CyberGhost 2015 completo


Leia o Relatório de Transparência CyberGhost 2011-2014


Leia o Relatório de Transparência CyberGhost 2015-2017