3.93.75.30 EXPOSTO

Fique sempre seguro em qualquer rede Wi-Fi pública

Desfrute de máxima segurança nas redes Wi-Fi com o CyberGhost VPN

Como proteger sua conexão com CyberGhost, a VPN para redes Wi-Fi

Mais fácil que isto, impossível

2. Conecte-se a um servidor CyberGhost VPN

3. Use qualquer rede Wi-Fi sem preocupações

Bem-vindo ao mundo conectado em tempo integral

Atualmente, o uso de conexões sem fio tornou-se uma necessidade. Seja um telefone, computador, console de jogos, tablet, Smart TV ou um dispositivo de Internet das Coisas (IoT), hoje praticamente todos os aparelhos que possuímos estão conectados à Internet.

Não é de admirar que os hotspots Wi-Fi sejam cada vez mais comuns. A Cisco prevê que haverá 432,5 milhões deles no mundo todo até 2020. Até lá, 50 bilhões de dispositivos estarão conectados à Internet.

Obviamente, determinados locais (como lojas, bibliotecas, cafeterias, restaurantes e redes de fast food) foram rápidos em oferecer hotspots gratuitos a seus clientes.

Mas nem todas as redes Wi-Fi são iguais.

Os criminosos cibernéticos estão de olho nas redes Wi-Fi

As redes Wi-Fi gratuitas são a melhor invenção desde a roda; mas podem também ser uma armadilha. As redes usadas nos cafés, aeroportos ou hotéis geralmente não têm uma configuração segura ou nem mesmo uma senha.

Com isto, fica muito fácil para os hackers e infiltrados bisbilhotarem o tráfego de rede — e a sua atividade on-line pode ficar exposta para desconhecidos que buscam obter seus dados.

Os crimes cibernéticos constituem um negócio ilegal incrivelmente lucrativo; as redes Wi-Fi abertas e não seguras são um verdadeiro parque de diversões para os hackers, pela facilidade de encontrar suas presas entre as vítimas desprevenidas.

Veja o que pode estar à espreita nas redes Wi-Fi desprotegidas.

Redes Wi-Fi públicas podem ser perigosas

Sempre que se conecta a uma rede Wi-Fi pública, você se arrisca a ficar exposto a:

Associações Mal-intencionadas ocorrem quando os hackers o induzem a acessar a rede Wi-Fi incorreta.

Você pode achar que está se conectando ao seu local de trabalho, mas na verdade está se conectando a um ponto de acesso ativado por software, configurado por um criminoso cibernético.

Suas informações podem ser roubadas ou o sistema pode ser infectado por um software mal-intencionado.

Os ataques “Man-in-the-Middle” constituem um dos riscos de segurança mais comuns. Eles transformam hotspots em proxies usados entre dois dispositivos que não possuem protocolos de autenticação.

Com isso, os hackers podem ler e registrar os dados e as comunicações que ocorrem na rede Wi-Fi. Podem acessar informações confidenciais, como números de cartões de crédito, senhas ou carteiras de criptomoedas.

No caso dos Ataques de Negação de Serviço, um hacker bombardeia pontos de acesso específicos com mensagens de erro, solicitações falsas e mensagens prematuras de conexão bem-sucedida para causar travamento na rede.

O objetivo principal pode ser o de causar danos à rede em si, e não às pessoas que a usam.

Contudo, o hacker geralmente observa o processo de recuperação e registra todos os códigos iniciais de handshake, à medida que são retransmitidos por todos os dispositivos conectados, para que mais tarde possa acessar o sistema.

No caso dos Ataques “Evil Twin” (gêmeo do mal), os hackers criam uma rede falsa quase idêntica a uma rede Wi-Fi pública para uma vítima desprevenida.

Às vezes, as redes falsas têm um sinal mais forte para atrair mais pessoas. Conectar-se a elas proporciona aos hackers acesso a tudo que se faz on-line.

O hacker usa um programa para testar diferentes combinações de senhas, até conseguir navegar com êxito no sistema.

Os ataques de força bruta em FTP são particularmente eficazes contra senhas fracas, incluindo os padrões de fábrica. Os usuários que recorrem a uma mesma senha para todas as suas contas também são mais vulneráveis.

O hacker usa um comando PORT para passar-se por intermediário nas transferências de arquivos que ocorrem diretamente entre dois servidores FTP.

Todas as informações em seu trajeto de ida e volta entre esses servidores podem ser acessadas por meio da rede.

A falsificação de MAC é o equivalente ao roubo de identidade no caso de dispositivos.

A maioria dos sistemas sem fio permite uma forma de filtragem de MAC capaz de identificar os dispositivos autorizados a acessar e utilizar a rede. Neste caso, os hackers escutam o tráfego da rede e copiam o endereço MAC da máquina que possui privilégios na rede.

Embora seja direcionado a redes residenciais pequenas, o ataque geralmente traz consequências devastadoras para os dados.

Esta técnica também é conhecida como interceptação de pacotes. Como as redes Wi-Fi públicas são abertas, o monitoramento do tráfego pelos hackers fica mais fácil. Os interceptadores de pacotes são programas concebidos para registrar todas as transferências de dados em uma rede.

Informações como nomes de usuário e senhas podem ser facilmente decodificadas; também é possível interceptar comunicações não seguras.

Em função da natureza desses interceptadores de pacotes, os hackers não precisam fazer o mínimo esforço: os dados são entregues a eles de bandeja.

No roubo de porta, o hacker usa o seu endereço MAC roubado para forçar o comutador a mudar sua tabela de encaminhamentos. Com isto, os pacotes que deveriam ser enviados ao seu dispositivo são entregues na porta à qual o autor do ataque está conectado.

Depois de obter esses pacotes, o hacker pode decodificar facilmente as informações ou negar seu acesso a elas. Pior ainda: pode também optar por inserir um código mal-intencionado nesses pacotes, visando infectar outros usuários.

Hoje em dia, a maioria das pessoas associa os cookies com publicidade dirigida, mas nem sempre é assim. Alguns cookies foram concebidos para personalizar e tornar a experiência de navegação o mais simples possível.

Nesse caso, os cookies podem ser usados para armazenar seu nome de usuário e senha de diferentes sites, para que não seja preciso iniciar sessão manualmente toda vez.

Ao usar uma rede Wi-Fi pública não segura, os hackers podem acessar seus cookies. Dependendo das configurações do navegador, podem conter informações suficientes para colocar em risco sua conta e outras informações confidenciais.

Embora a maioria das pessoas normalmente fique atenta quanto aos vírus, poucos de nós estamos familiarizados com os worms. E, na verdade, não são a mesma coisa. Os vírus requerem que o usuário baixe um arquivo, enquanto os worms podem infiltrar-se no dispositivo, mesmo que você não visite nenhum site duvidoso.

Caso falte a segurança adequada em uma rede Wi-Fi, os worms conseguem infiltrar-se com facilidade e podem colocar seus dados em risco.

A forma mais simples de aumentar a segurança de sua rede sem fio é usar um software de VPN como o CyberGhost para criptografar os dados e tornar-se anônimo on-line.

Para saber mais, confira nosso guia abrangente sobre como proteger seus dados em redes Wi-Fi!

CyberGhost: a VPN para redes Wi-Fi, para todos os seus dispositivos

É essencial proteger toda a sua vida digital e os seus dispositivos.

Por isso, projetamos e desenvolvemos apps de VPN para Windows, macOS, iOS, Android, Amazon Fire TV & Fire Stick, Android TV, Linux e até mesmo roteadores. Agora você pode garantir a segurança de sua rede sem fio com apenas um clique!

Além do mais, com uma única assinatura do CyberGhost VPN, é possível proteger até 7 dispositivos ao mesmo tempo.

Nunca foi tão tranquilo usar uma VPN para redes Wi-Fi públicas!

Escolha os servidores VPN otimizados para sua segurança

No mundo cibernético, não faltam ameaças sempre à espreita. Com a crescente quantidade de dados expostos e violações de segurança, você precisa de uma VPN forte e segura, apta a resistir a quaisquer ameaças à sua privacidade.


Por este motivo, nossos servidores VPN foram otimizados para oferecer a você maior segurança, velocidade e largura de banda ilimitada com nossa VPN para redes Wi-Fi.


Com mais de 5900servidores em mais de 90 países, nós temos a solução, em qualquer lugar onde você estiver. Use uma VPN em redes Wi-Fi públicas e fique sempre protegido contra olhos curiosos!


Criptografe suas conexões nas redes sem fio

Os apps CyberGhost VPN são configurados para oferecer a você os mais elevados padrões de privacidade. Cada bit dos dados é protegido com o protocolo de criptografia de nível militar AES de 256 bits.

O CyberGhost VPN também pode ser personalizado, atendendo a todas as suas necessidades. Você pode escolher entre os protocolos IKEv2, L2TP e OpenVPN e, se deseja criar seus próprios gatilhos de privacidade, a guia Regras Inteligentes serve exatamente para isso.

Nossa proteção contra vazamento de DNS e chave de interrupção mantêm suas conexões sem fio sempre seguras. Não importa o que aconteça, sempre nos certificamos de que seu endereço IP fique oculto, para que suas atividades on-line fiquem protegidas contra bisbilhoteiros.

Aproveite nossa rigorosa política de Ausência de Registros

No CyberGhost VPN, nosso compromisso é proteger a sua privacidade.

É exatamente por este motivo que nossa sede fica em Bucareste, Romênia. Neste país, não temos nenhuma obrigação legal de manter registros sobre nossos Ghosties. E como a Romênia não faz parte de nenhuma aliança de vigilância, não temos que colaborar com as autoridades em nenhuma questão.

Para obter mais detalhes de nossa visão sobre privacidade, consulte nosso Relatório de Transparência.

Eles testaram o CyberGhost VPN e gostaram

Escolher o plano que funciona para você

1 Mês, $12.99/mês
Você escolheu: Plano de 1 mês a $12.99/mês
Cobrança de $12.99 a cada mês
Obtenha um plano de 1 mês Garantia de devolução do seu dinheiro em até 14 dias
IMPORTANTE!
O 3 ANOSplano MENSAL oferece a maior economia e é totalmente reembolsável por 45 dias.
3 Anos , $2.75/mês
Cobrança de $99 a cada 3 anos
Obtenha o plano de 3 anos Garantia de devolução do seu dinheiro em até 45 dias
Escolha inteligente!
Este nenegócio oferece a maior economia e é totalmente reembolsável por 45 dias!
1 Ano , $5.99/mês
Você escolheu: plano de 1 ano em $5.99/mês
Cobrança de $71.88 a cada ano
Obtenha o plano de um ano Garantia de devolução do seu dinheiro em até 45 dias
IMPORTANTE!
O 3 ANOSplano MENSAL oferece a maior economia e é totalmente reembolsável por 45 dias.
*Todos os valores mostrados são em Dólares dos EUA

Tudo o que você espera de uma solução VPN realmente completa

  • Chave de eliminação Automática
  • Largura de banda e tráfego Ilimitados
  • Acesso a mais de 5900 servidores em todo o mundo
  • Proteção contra vazamentos de DNS e IP
  • Criptografia AES de 256 bits
  • Conexões simultâneas em até 7 dispositivos

Termo de Isenção de Responsabilidade: Conforme nossos Termos e Condições, o uso do CyberGhost VPN para atividades ilícitas não é permitido ou recomendado.